Tráfico humano

As pessoas em movimento são altamente vulneráveis ao tráfico de seres humanos. Eles costumam usar corretores de mão-de-obra corruptos para encontrar empregos, assumir dívidas significativas, carecer de documentação adequada e não entender seus direitos. O SIMN administra programas de educação em Taiwan e nas Filipinas para pescadores migrantes em risco de tráfico, enquanto os cursos de formação profissional no Brasil, Colômbia, Chile, Itália, África do Sul e outros lugares ajudam as pessoas em movimento a navegar no processo de recrutamento e emprego ético. Ao fazê-lo, o SIMN quebra o ciclo da escravidão impedindo que aconteça em primeiro lugar.